35 Arrependimentos Que Você Não Quer Ter Antes De Morrer**

Nossa geração está envelhecendo rapidamente. E nós, entre os 20 e os 30, começamos a entender a importância de usar o nosso tempo de forma eficiente e plena. Mesmo ainda sendo novos, certamente podemos chegar a um punhado de arrependimentos que temos. Todos lamentamos por coisas que fizemos ou que não fizemos.

Agora, imagine o quanto você vai se arrepender se você continuar a viver a sua vida exatamente da mesma forma que atualmente, cometendo os mesmos erros novamente. É chegada a hora de refletir e crescer.

No entanto , a maioria de nós está preso em algum tipo de roda de hamster, esperando o momento certo de começar a viver mais plenamente , mas sem a coragem necessária para o salto. Leia este artigo com cuidado e se atenha em cada ponto. Você quer os seguintes arrependimentos quando envelhecer?

1. Não ter feito mais sexo. Fica cada vez mais difícil com a idade (na verdade, mais suave).

2. Não ter permitido se apaixonar. Pode ser uma coisa assustadora amar e baixar a guarda , mas a única maneira de se sentir grande prazer é se arriscar a sentir muita dor.

3. Não ter aprendido um idioma diferente. Ele vai inseri-lo em uma cultura totalmente nova e lhe trazer perspectivas.

4. Não ter viajado mais. O mundo é seu; explore-o enquanto você ainda é capaz.

5. Ter comido alimentos excessivamente industrializados. Eles destroem a sua saúde.

6. Não ter se exercitado o suficiente. O corpo é uma máquina. Se você fizer a manutenção necessária, é provável que ele funcione bem por mais tempo.

7. Ter se cercado de amigos horríveis. Diga-me com quem andas e te direi quem és.

8. Ter passado muito tempo em um relacionamento de merda. Você sabia que era horrível, mas não tinha coragem de se desfazer desse peso. Zona de conforto é uma bosta.

9. Ter abdicado da diversão em muitas noites. A vida pode não ser sempre uma festa, mas deve haver algumas farrinhas espalhadas por aí.

10. Ter se ocupado muito. Ter o que fazer é bom, mas não seja demasiado ocupado para aproveitar a vida.

11. Nunca ter tirado um dia para não fazer absolutamente nada. Para viver basta respirar. Se você quer saber o que realmente é viver, tire um momento para não fazer absolutamente nada.

12. Não ter dado tudo de si quando necessário. Você estava muito cansado. Você preferia fazer outras coisas. Você perdeu sua chance.

13. Ter dado muitas desculpas. Você pode dar as desculpas que quiser, desde que aceite-as como apenas isso: desculpas. Perceber que você mentiu para si mesmo toda a vida não é nada agradável.

14. Ter culpado os outros pelo seu fracasso. Aponte o dedo para o espelho, em vez disso.

15. Ter desistido. Você não pode voltar atrás e refazer o que você já fez – ou, neste caso, não fez.

16. Ter dado lugar aos seus medos. Todos nós temos coisas que nos assustam. A própria vida pode nos assustar. No entanto, dar força aos seus medos é uma maneira covarde de dizer: “eu não quero tentar”.

17. Não ter dito que você amava enquanto você ainda tinha a chance. As pessoas não são para sempre. Acidentes acontecem , o envelhecimento acontece. Diga que você ama antes que seja tarde.

18. Não ter usado camisinha aquela vez. Foi só uma vez, mas o estrago foi pra vida toda.

19. Passar anos fingindo ser alguém que não é. Você consegue imaginar passar a metade da sua vida escondendo quem você é e fingindo ser outra pessoa? Você não deve passar um dia fazendo isso.

20. Não ter reservado um tempo para explorar a sua sexualidade. Por que não?

21. Ter se irritado muito, com muita frequência. O mundo não é perfeito. A maioria das pessoas é idiota. Esses fatos não vão mudar. Então por que se estressar?

22. Reclamar em vez de viver. Não sinta pena de si mesmo – é patético.

23. Não ter usado fio dental. Seus dentes não vão ficar saudáveis para sempre.

24. Não seguir a sua paixão. A vida deve ser a sua paixão. Se você não está apaixonado, você não está vivendo .

25. Não ter amado intensamente.

26. Permitir que outros te deixem para baixo. Você não é um capacho. Não deixe que os outros tratarem você como tal.

27. Seguir o senso comum. Rebanho é apenas para ovelhas. Você é melhor do que isso.

28. Não sonhar grande o suficiente. Se você for dedicar o seu tempo para alguma coisa, faça disso a coisa mais louca e mais incrível que você puder. Eu vou ser o primeiro trilionário do mundo. Quão grande é o seu sonho?

29. Segurar o choro ou o riso. Emoções nos fazem sentir vivos. Deixe-as livres.

30. Não ter tido tempo para experimentar a natureza . Você vive em um mundo que vai além das paredes de seu apartamento e escritório. Explore-o. Você não precisa ir muito longe para entender melhor qual é a sua função no mundo.

31. Não ter provado as drogas que você gostaria de ter experimentado quando era mais jovem. Sim, isso pode ser perigoso, é um risco. Não estou, de modo algum, dizendo que as pessoas deveriam usar drogas. Mas se você quiser experimentá-las, faça enquanto você ainda tem energia para a festa toda.

32. Comer os mesmos pratos o tempo todo. Alimentos são uma grande parte da cultura humana. Você não deveria perder um dos prazeres mais deliciosos da vida.

33. Guardar todo o seu dinheiro e nunca desfrutar de nada. Uma das duas coisas vai acontecer: você vai morrer com uma conta bancária muito robusta e sem memórias, ou você vai perder todo esse dinheiro antes de decidir se divertir.

34. Não ser mais sociável. Nossas interações com as pessoas são fundamentais para a nossa felicidade. Não seja tímido, diga “oi”.

35. Não apoiar aqueles que estão à sua volta. As pessoas podem fazer o impossível se tiverem o apoio suficiente.

*Itens originalmente publicados em Elite Daily, na lista The 50 Things You Don’t Want To Regret When You Die.

**Retirado do Site Casal Sem Vergonha 

(Visited 19 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta