Água Negra um ótimo filme de terror

Ontem, terça-feira de carnaval, último dia de fevereiro decidi assistir alguns filmes. Entre eles um filme já antigo, mas muito bom: Água Negra.

O filme conta a história de Dahlia Williams que está tentando começar uma vida nova, pós-divórcio, ao mudar-se para um novo apartamento. Dahlia quer se dedicar a sua filha Ceci, mas a separação se transforma em uma complicada batalha pela custódia da criança. Para piorar a situação, o apartamento onde estão possui barulhos misteriosos, vazamentos constantes de uma água negra e fatos estranhos. Acreditando ser vítima de um assustador jogo mental, ela tenta juntar as peças do enigma e descobrir o que está acontecendo

Água Negra é um remake americano de 2005, do filme de terror japonês Honogurai mizu no soko kara de 2002 e foi o 1º filme em língua inglesa dirigido pelo cineasta brasileiro Walter Salles. Apesar de ser um filme bem parado, eu gostei da temática utilizada. Parece muito com o primeiro filme O Chamado, que eu achei sensacional. Claro que muito disso tem a ver com ser um filme japonês, mas achei estranho que apesar de ser tão bom quanto O Chamado, essa história não fez sucesso. Pelo menos eu, que adoro filme de terror, nunca havia ouvido falar.

Procurando saber mais sobre o filme, descobri que na verdade o nome Dark Water (Agua Negra) é o título inglês de uma coleção de contos de Koji Suzuki, o livro foi publicado pela primeira vez em 1996, e lançado em 2004 em tradução inglesa.

A coleção contém sete histórias, além da que dá origem ao filme, e uma trama extra formando o prólogo e epílogo.

Contos

  • Flutuante (浮遊 す る 水, Fuyū Suru Mizu) – a inspiração para o filme Água Negra de Hideo Nakata. É a história de uma jovem mãe e sua filha que se refugiam de um divórcio confuso em um prédio de apartamentos degradado. A mãe descobre que uma menina desapareceu do edifício um ano antes, e começa a investigar a conexão entre o seu desaparecimento e uma série de eventos terríveis ocorrendo em torno do apartamento.
  • Solitary Isle – um jovem começa a descobrir a verdade por trás do barco de seu amigo morto que ele deixou sua namorada nua em uma ilha no meio da Baía de Tóquio.
  • The Hold – um pescador que bate sua esposa e seu filho tenta descobrir a razão para o desaparecimento de sua esposa, e por que ele tem uma dor de cabeça palpitante.
  • Dream Cruise – um jovem é convidado para fora em um mini-cruzeiro por um casal que deseja seduzi-lo em um esquema de vendas pirâmide. Em breve, coisas estranhas começam a acontecer com o barco. Dream Cruise foi adaptado para o Masters of Horror Showtime série de rede de cabo em 2007 e foi dirigido por Tsuruta Norio.
  • Adrift – a tripulação de uma traineira de pesca acontece em um iate abandonado, semelhante em situação para a Mary Celeste. Os direitos do filme para esta história foram opcionais.
  • Aquarelas – uma trupe dramática amadora arranja uma peça em uma discoteca convertida, mas coisas estranhas começam a acontecer no andar de cima.
  • Floresta sob o mar – a única história na coleção para não ter nenhum elemento real sobrenatural qualquer. Dois exploradores descobrem uma caverna inexplorada, mas ficam presos. O autor aqui explora as emoções de arrependimento e saudade. Ele se relaciona com a história do epílogo.

Achei muito interessante esse livro e fiquei com vontade de ler, caso eu encontre lerei. Bom hoje vou ficando por aqui, o filme está disponível na Netflix e no Youtube. Assista e comente aqui o que achou.

(Visited 22 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta