3 curas para o excesso de pensamento

Não há nada de errado em pensar. Pensar nos ajuda a entender o mundo, a chegar a conclusões inteligentes e mergulhar mais profundamente em nós mesmos e no universo.

O problema vem quando nosso pensamento fica no caminho do nosso fazer. Pensar e fazer precisam ser mantidos em equilíbrio. Como todas as coisas na vida, esses poderes humanos são melhor exercidos com moderação.

Não fique preso em seus próprios pensamentos. Não lhes dê o poder de te paralisar.

Aqui estão três maneiras de sair do hábito do excesso de pensamentos:

1. Praticar Mindfulness

Quando você abraça o momento atual, você se torna fisicamente e mentalmente mais presente. Isso pode impedi-lo de ficar muito distante, perdido em seu próprio mundo. Envolva-se com seu ambiente. Use tudo o que puder. Observe sem julgar. Exercícios mindfulness podem ajudá-lo a permanecer no presente. Eles são conhecidos por reduzir a ansiedade, aumentar a felicidade e trazer uma sensação de paz.

Por que não dar uma chance?

2. Meditar

Enquanto mindfulness conecta sua mente ao mundo ao seu redor, a meditação permite que seu foco se volte para dentro. Isso pode parecer contra intuitivo. Como focar em seus pensamentos pode te ajudar a fugir deles? Não vai. No entanto, permitirá que você se conecte a eles, compreenda-os e trabalhe com eles. A meditação é mais fácil do que você pensa. Beneficia seu corpo, mente e espírito. Engajar-se nesta prática regularmente pode ajudá-lo a superar o pensamento de fuga.

3. Ficar em contato com a natureza

Passar um tempo na natureza pode ser terapêutico – e você não tem que se comprometer a um fim de semana cheio de exercícios para colher os benefícios. Envolva-se com o exterior de uma forma que faça sentido para você. Faça um piquenique no parque. Nade em um lago. Leve seus filhos em uma caminhada. Sente-se debaixo de uma árvore e perca-se em um bom livro. A melhor maneira de experimentar o mundo natural é de uma forma significativa para você.

Repost– I Heart Intelligence

Deixe uma resposta