11 Maneiras de transformar o fracasso em sucesso

Claro que o fracasso é sempre desagradável, mas nós é quem escolhemos como ele irá nos afetar. Podemos nos deixar abater ou seguir em frente, crescendo justamente graças àquilo que inicialmente deu errado.

Incrível.club encontrou 11 pontos positivos que têm origem nas derrotas. É tudo uma questão de tê-los em mente e girar a roda da sorte ao nosso favor.

11. O fracasso desenvolve o senso de humor

Se você não está entre aqueles que não encaram os fracassos com senso de humor, pense positivamente ou fale sozinho — mesmo que pareça louco -, usando frases curtas sobre seus desejos, numa forma afirmativa e no tempo presente. Diga em voz alta aquilo que você realmente deseja fazer. Por exemplo, “tenho segurança em mim mesmo“ ou ”tudo dá certo para mim”. Pronuncie essas frases como se já fossem reais.

10. O fracasso é um treino para a mente

Enxergue o fracasso como um desafio interessante. Transforme-se em uma pessoa proativa. Quem é assim sabe que tem responsabilidade pelo que acontece na própria vida. Substitua os pensamentos negativos pelos proativos. Por exemplo:

  • “Não vou com a cara desse sujeito“ por ”De que maneira posso me dar bem com ele?“
  • “Não consigo resolver isto” por ”Que soluções este problema poderia ter?”

9. O fracasso ajuda a encontrar seu próprio caminho

O fracasso pode ser um ponto de partida rumo a um caminho que leva ao sucesso. Para que você tome decisões mais rápida e facilmente, use a Matriz de Descartes — já falamos dela aqui. Para tanto, faça-se as 4 perguntas abaixo:

  • O que aconteceria se tal coisa se confirmasse?
  • O que aconteceria se tal coisa NÃO se confirmasse?
  • O que NÃO aconteceria se isso se confirmasse?
  • O que NÃO aconteceria se isso NÃO se confirmasse?

Depois de analisar as respostas, será muito mais simples encarar suas dúvidas na hora de tomar uma decisão.

8. O fracasso pode inspirar para novas conquistas

Fracassar faz com que estabeleçamos novos objetivos e estratégias para alcançá-los. O método SMART é muito usado para o planejamento de novas tarefas. Smart, em inglês, significa inteligente. Cada letra dessa sigla tem um significado:

  • S (Specific): específico. Especifique com clareza um objetivo concreto (por exemplo, melhorar a silhueta).
  • M (Measurable): mensurável. Determine como mensurar exatamente seu objetivo (ficar com peso de 60 quilos, por exemplo).
  • A (Attainable): alcançável. Pense no que será necessário para que você atinja seu objetivo (treino diário, alimentação).
  • R (Relevant): relevante. Descreva as tarefas que devem ser executadas para chegar à meta estabelecida (trocar uma hora assistindo seriado à noite pelo preparo de um jantar saudável).
  • T (Time-related): relacionado ao tempo. Determine o prazo para alcançar o objetivo (6 meses).

7. O fracasso traz experiência

Analisar seus atos é um hábito de muita utilidade para ajudar a ver uma situação sob novo ângulo, fazendo com que você evite novos fracassos no futuro. Para isso, uma boa ideia é aplicar o método Ciclo Reflexivo de Gibbs. É preciso fazer a si mesmo as seguintes perguntas:

  • O que aconteceu?
  • O que senti?
  • Quais os prós e os contras desta situação?
  • O que poderia ser feito na próxima vez para ter um melhor resultado?

6. O fracasso muda padrões de comportamento

Caso você tenha fracassado, não se desespere. Procure outra maneira de resolver o problema. Aplique o método de “brainstorming“: libere seu lado crítico interno e anote todas as ideias que vierem à mente para tentar atingir seus objetivos, ainda que essas ideias pareçam estranhas e irreais. Após algum tempo, analise-as para escolher aquelas que parecerem mais convenientes.

5. O fracasso ajuda na autoaceitação

Frequentemente, tentamos parecer algo que não somos para impressionar os outros. Experimente meditar. Escolha uma técnica que seja adequada, que lhe permita observar-se por dentro. Quando a sua mente estiver calma, perceberá o que é importante para si, não para os outros ao seu redor.

4. Fracassar ajuda a selecionar os amigos

Se você estiver parado na tentativa de resolver um problema, aplique a técnica dos “impulsos inconscientes“.

  • Cerque-se de pessoas e escolha ambientes que estimulem sua produtividade. Isso funcionará como um ”impulso inconsciente“. Talvez nem se dê conta, mas isso ajudará bastante.
  • Programe seu celular alarmes para lembrar das tarefas a cumprir: isso servirá como “impulsos conscientes”, capazes de ajudar a manter as coisas sob controle.

3. O fracasso ajuda a manter o foco nos assuntos importantes

Com o intuito de planejar adequadamente seus assuntos, use a matriz de Eisenhower. Divida uma folha de papel em 4 partes e escreva nela todas as suas coisas, distribuindo-as nas seguintes categorias:

  • Urgentes e importantes
  • Não urgentes, porém importantes
  • Urgentes, mas não importantes
  • Não urgentes e não importantes

Desta forma, você verá claramento o que exige mais atenção em primeiro lugar.

2. Fracassar ajuda a estabelecer prioridades

Até mesmo as menores tarefas são relacionadas entre si e levam a objetivos maiores. Determine o propósito principal da sua vida, com base numa escala de valores. Quem trabalho no tema foi o piscólogo polonês americano Milton Rokeach.

Para isso, dê a cada um dos pontos abaixo de acordo com sua importância:

  • Saúde
  • Trabalho
  • Amor
  • Dinheiro
  • Amizade
  • Lazer
  • Criatividade

Ao ver essa lista, você conseguirá determinar aquilo que é mais importante. Saiba mais sobre o trabalho de Rokeach aqui.

1. O fracasso ajuda a conhecer gente nova

Segundo a teoria dos seis graus de separação, todas as pessoas do Planeta são ligadas entre si, ainda que indiretamente — faça um teste no Facebook e confira. Ainda que seus amigos não conheçam alguém que possa t ajudar em algum assunto, os amigos dos seus amigos podem conhecer. Ou ainda os amigos dos amigos dos seus amigos. Procure nessa cadeia e haverá grandes chances de encontrar aquela pessoa de que precisa.

Deixe uma resposta