Ganhei na loteria. E agora?

Ganhar um bom prêmio na loteria é sim uma boa chance de mudar a vida, mas cuidado,  pode ser para pior

 

Imagine a seguinte situação, você fez um jogo da Mega Sena da Caixa Econômica Federal, não conferiu na hora do sorteio o resultado, mas no dia seguinte entra no site para conferir os números e dá de cara com os mesmos números da sua aposta. Sim, você foi premiado e melhor, é o único ganhador de uma bolada de mais de 30 milhões de reais. O que fazer agora?

A pensionista Zenaide das Graças, não pensa duas vezes antes de dizer. “Eu sumiria! Afinal ganhar uma bolada dessa é preciso pensar muito bem o que fazer”. Muitos podem até não concordar, mas o raciocínio de Zenaide está correto. Alguns economistas realmente advertem que em momentos como esses é mais seguro sair, pegar umas férias, dar um descanso a mente e depois decidir o que fazer com o dinheiro.

Alguns economistas afirmam que outra boa atitude é abrir uma poupança, os juros em casos como esse podem chegar até R$ 1.575.000 por ano. Então, se você guardar pelo menos metade do prêmio vai lucrar mais de R$ 65 mil por mês. De qualquer forma, para você poder lucrar com o dinheiro e não precisar nunca mais trabalhar há três tipos básicos de investimento que você deve fazer: os seguros (que rendem menos, mas praticamente não oferecem risco), os moderados (com rendimento médio, mas com um pouco menos seguros) e os de alto risco (com bons rendimentos, mas que podem resultar em grandes perdas). Alguns investimentos distribuídos entre essas três categorias podem render grandes lucros.

A estudante Carolina Campos, não pensa muito para responder e já tem na ponta da língua. “Bom, se fosse igual ao prêmio que acumulou semana passada de 25 milhões, eu iria ajudar meus familiares e amigos”. Quando questionada quanto daria para cada um, ela não sabe dizer exatamente apenas disse que para os pais e a tia daria um milhão, o restante não sabe dizer. “Quero dar pelo menos um carro e uma casa para meus amigos, abrir uma produtora, comprar uma casa, um carro e talvez um iate. Ah, também quero ficar gatona, acho que é só. Também acho que o meu dinheiro teria acabado com tudo isso.”

É muito comum ideias como essas não terem um planejamento, pois como é apenas um sonho, fica difícil sair da mente e virar realidade. No entanto existem muitos casos de pessoas que ficaram milionárias e que acabaram perdendo tudo por falta de planejamento.

Sim, o dinheiro acaba e com ele, a felicidade

Alguns acreditam que é tanto dinheiro, que não há necessidade de planejamento, é como se ele nunca fosse acabar e é aí que “mora o perigo”. Foi o que aconteceu com  Jack Whittaker, que faturou, sozinho, o maior prêmio da loteria de toda história dos Estados Unidos: 315 milhões de dólares, ou R$ 620 milhões de reais. É tanto dinheiro que nem dá para imaginar que ele um dia acabe. Mas, o que era impossível aconteceu. Pouco tempo depois de receber o prêmio, Jack já havia sido preso por dirigir alcoolizado, tinha assediado mulheres e tinha sido roubado diversas vezes já que andava apenas com dinheiro vivo. Perdeu grande parte de sua fortuna em cassinos e acabou até passando cheques sem fundo, o que lhe rendeu processos. Além disso, sua família acabou: sua mulher pediu o divorcio, sua neta e o namorado morreram de overdose e a filha também faleceu. Em quatro anos Jack não tinha mais dinheiro nem família, apenas dívidas.

Outro caso que mostra que o dinheiro não traz felicidade, mas ganância, aconteceu em 1986, quando Jeffrey Dampier ganhou 20 milhões de dólares em um prêmio da loteria. Como era generoso, distribuiu muitos presentes para seus parentes. Mas ainda assim, a ganância de seus familiares causou sua morte. Quase 20 anos após receber o prêmio, a cunhada de Jeffrey junto com o namorado, forjaram um sequestro para receber como resgate, o restante do dinheiro. Mas o plano deu errado e  Jeffrey acabou sendo morto com um tiro na cabeça e os criminosos foram pegos pela polícia e cumprem prisão perpétua. Histórias como essas assustam muitas pessoas que ganham em loterias, pois junto com o dinheiro, vem também o medo. É tanta preocupação com o que pode acontecer em quem deve ou não confiar, que muitos, acabam não aproveitando o premio.

Ser generoso é sim uma boa qualidade, mas quando ela é demais, pode atrapalhar – e muito – os planos de quem ganhou uma bolada na loteria.  Foi o que aconteceu com o pastor pentecostal Billy Bob Harrell, do Texas (EUA), em 1997, que recebeu um prêmio de 31 milhões de dólares. O pastor comprou seis casas e alguns carros, mas até então tinha tudo sob controle. O problema apareceu quando a generosidade excessiva de Billy fez com que passasse a emprestar dinheiro a qualquer um que pedia sem cobrar a dívida: Conclusão: Billy acabou indo a falência, perdeu a mulher e cometeu suicídio.

Uma vida nova

Os exemplos citados retratam um lado negro de quem ganhou na loteria e não planejou o que fazer com o dinheiro, ou mesmo como vai administrar a sua “nova” vida. Quando se ganha muito dinheiro de uma hora pra outra, a vida muda completamente, a pessoa querendo ou não. Portanto, o melhor a fazer é relaxar, viajar, descansar bem a cabeça, não colocar a carroça na frente dos bois, e principalmente, planejar tudo. O dinheiro ganho quando bem administrado trabalha a seu favor, caso contrário, você será sempre refém dele e do medo. Portanto, se amanhã você ganhar uma bolada na loteria já sabe que planejar é o melhor caminho.

(Visited 33 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta